Nosso adeus a cris spera

Nosso adeus à jornalista Cristina Spera, querida por todos

Morreu nesta madrugada, aos 66 anos, a jornalista Cristina Spera, que estava internada há três dias por Covid-19 no Hospital Santa Ana, em São Caetano do Sul. Conhecida por muitos de nós desde os tempos da faculdade, na ECA/USP dos anos 1970, Cris Spera é referência em ética, cortesia e competência profissional. Mesmo quem a conheceu há pouco tempo, no espaço da APJor, aprendeu a respeitá-la. Cris era uma das diretoras da Associação.

Era uma cabeça poderosa para pensar e para agir pelo jornalismo, sempre enxergando um pouco adiante do grupo que a cercava. Preocupada com nosso país, atuou por anos em projetos sociais de combate a desigualdades. Uma mulher inteligente, sensível, de caráter íntegro, sempre engajada em causas nobres, Cris Spera é uma perda enorme para o jornalismo e para o país.

É uma perda irreparável para a APJor, da qual era um dos esteios mais sólidos: sua presença em nossas ações e sua clareza sempre foram âncora. Sua suavidade para tratar temas e situações complexas, um aprendizado para todos. Honramos, pois, a sua vida, sua energia e sua luz.

Cris Spera deixa uma filha, Camila Spera (também internada por Covid-19, no Hospital São Camilo, em Santana), uma neta e a irmã Vera Lúcia. E nos deixa a todos desconsolados.

Fred Ghedini, presidente

e associados da Associação Profissão Jornalista (APJor), em 2 de junho de 2021 

APJor

APJor

A Associação Profissão Jornalista – APJor é uma organização nascida do Movimento Jornalistas Pró-Conselho, criada na assembleia de 22 de outubro de 2016, na Câmara Municipal de São Paulo, com a presença de 40 jornalistas.

Uma resposta

  1. Querida Cris, siga na luz que sempre distribuiu entre nós, seus amigos e colegas. Brilhante, inteligente, engajada e amável, sempre nos brindava com um enorme sorriso na face. Querida, vá em paz. Estamos muito tristes com a sua perda. Ficará para sempre em nossos corações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *