boteco apjor recebe ligia ferreira

Um papo sobre o repórter e escritor Luiz Gama, no Boteco APJor

O Boteco APJor recebe nesta quinta-feira (01/06) a professora Lígia Fonseca Ferreira, que não é jornalista mas é a maior especialista brasileira em Luiz Gama, um escravo liberto que tornou-se militante da abolição e da República e um dos primeiros repórteres negros na história do País

Nesta quinta-feira, 10 de junho, às 16h, a professora Lígia Fonseca Ferreira estará conosco na 17ª edição do programa BOTECO APJor – o terceiro programa da série AFRO Boteco APJor. Não, Ferreira não é jornalista, mas é a convidada especial dessa conversa de botequim entre jornalistas porque é a maior especialista brasileira em Luiz Gama, um dos primeiros repórteres negros da história do Brasil. Seus interlocutores serão os jornalistas Guilherme Soares Dias e Cinthia Gomes, além da âncora Leda Beck.

Ferreira é professora do Departamento de Letras da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e doutora pela Universidade de Paris 3 – Sorbonne, com tese sobre a vida e a obra do escritor, jornalista e advogado negro. Desde 2000, ela pesquisa e publica seus achados sobre esse personagem extraordinário, tão pouco conhecido pelos jornalistas brasileiros. Já publicou quatro livros sobre ele.

No programa, ela vai descrever a trajetória de Gama, de escravo liberto a militante da abolição e da República.  Nessa militância, sua principal arma era a palavra: na literatura e no jornalismo, mas também no Direito – como rábula, Gama libertou mais de 200 escravos no final do século XIX.

A transmissão é ao vivo, pelos canais da APJor:

No Facebook: facebook.com/701991039887551/posts/4086629644756990/

No YouTube: https://youtu.be/J4qteHJoPaM

Os internautas participam com comentários e perguntas.

Sobre o BOTECO APJOR

Criado como um botequim virtual para conversar informalmente sobre jornalismo, o BOTECO APJor recebe, quinta sim, quinta não, profissionais de diferentes gerações, que revelam as aventuras e desventuras que todo jornalista vive na carreira para entregar notícias confiáveis ao leitor. Leda Beck apresenta o programa, pelo qual já passaram Leonardo Sakamoto, Paulo Talarico, Luiz Fernando Emediato, Tereza Cruvinel, Patrícia Campos Mello, Eduardo Ribeiro, Luís Nassif, Bob Fernandes, Celso Bacarji, Montezuma Cruz, Dal Marcondes, Márcia Marques, Caru Schwingel, Fred Ghedini e Mara Ribeiro. A direção técnica é de Fabio Soares e a direção geral é de Cecília Queiroz, com a colaboração de Mara Ribeiro e Marlene Silva na divulgação do programa.

Sobre a APJor

A Associação Profissão Jornalista é uma organização de inteligência e de articulação entre jornalistas, pesquisadores de Jornalismo e a sociedade civil brasileira. Foi fundada em 2016 pelos integrantes do Movimento Jornalistas Pró-Conselho e sua missão é promover o debate público sobre um futuro conselho de jornalistas (ou de jornalismo).  A APJor entende que o jornalismo ético e plural é elemento essencial para a garantia da democracia, do direito à informação e das liberdades de expressão e de imprensa.

Associe-se: www.apjor.org.br

APJor

APJor

A Associação Profissão Jornalista – APJor é uma organização nascida do Movimento Jornalistas Pró-Conselho, criada na assembleia de 22 de outubro de 2016, na Câmara Municipal de São Paulo, com a presença de 40 jornalistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *