O Boteco APJor apresenta o jornalismo das quebradas

Neste 13 de maio, o programa terá como convidado um dos representantes da nova imprensa, Paulo Talarico, editor chefe da Agência Mural, um exemplo de jornalismo independente que surge no vácuo da crise que abala a grande imprensa, em todo o mundo. Live às 16h, no Facebook e no canal YouTube

Da Redação

Há uma corrida acirrada entre grandes veículos de imprensa, no mundo todo, para descobrir como o jornalismo pode monetizado, na internet, de forma a manter o monopólio da informação nas mãos dos mesmos grupos hegemônicos atuais. Mas, enquanto isso, numerosas iniciativas de jornalismo independente prosperam, entre elas o jornalismo das periferias.

Para contar essa jovem história e debater o futuro da nova imprensa, o Boteco APJor recebe nesta quinta-feira, 13 de maio, às 16h, o jornalista Paulo Talarico cofundador e editor-chefe da Agência Mural de Jornalismo das Periferias. Seus interlocutores serão os colegas Wellington Frazão, diretor da TV Periferia em Foco, com atuação nas periferias de Belém, e Railton da Silva, repórter do portal de notícias Alagoas24h e atuante nas periferias rural e urbana de Maceió, além da âncora, Leda Beck.

Além de editor-chefe da Agência Mural, Talarico é também membro associado do Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo (ProJor). Entrou na Mural em 2011 como correspondente em Osasco e cobriu política em toda a região Oeste da Grande São Paulo até 2018. Graduou-se em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu e atualmente estuda História na USP.

No programa, ele vai descrever sua experiência no comando de uma vasta equipe de repórteres por toda a região metropolitana. A Mural começou como um blog hospedado no site da Folha de S. Paulo e, desde 2015, tornou-se uma agência de notícias, que ainda publica grandes reportagens no jornal diário.

A transmissão é ao vivo, pelos canais da APJor, no Facebook e no YouTube

Os internautas podem participar com comentários e perguntas.

Sobre o BOTECO APJOR

Criado como um botequim virtual para reunir jornalistas e conversar informalmente sobre a profissão, o BOTECO APJor recebe, a cada duas semanas, profissionais de diferentes gerações, que revelam as aventuras e desventuras que todo jornalista vive na carreira para entregar notícias confiáveis ao leitor. Leda Beck apresenta o programa, pelo qual já passaram, como convidados especiais, Tereza Cruvinel, Patrícia Campos Mello, Eduardo Ribeiro, Luís Nassif, Bob Fernandes, Celso Bacarji, Montezuma Cruz, Dal Marcondes, Márcia Marques, Caru Schwingel, Fred Ghedini e Mara Ribeiro. A direção técnica é de Fabio Soares e a direção geral é de Cecília Queiroz.

APJor

APJor

A Associação Profissão Jornalista – APJor é uma organização nascida do Movimento Jornalistas Pró-Conselho, criada na assembleia de 22 de outubro de 2016, na Câmara Municipal de São Paulo, com a presença de 40 jornalistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *