boteco apjor recebe oswaldo faustino

Oswaldo Faustino fala sobre reportagem, literatura e militância no Boteco APJor

Para além do jornalismo, Faustino é um contador de histórias, um estudioso e um militante na defesa da história e da cultura afro-brasileiras. Atuou por 26 anos somente nas redações da Folha e do Estadão. História é que não vai faltar. Não perca, ao vivo, no Facebook e YouTube

Da Redação

Nesta quinta-feira, 24 de junho, às 16h, o jornalista e escritor Oswaldo Faustino estará conosco na 18ª edição do programa BOTECO APJor – o quarto e último programa da série AFRO Boteco APJor. Nosso convidado especial também é ator, dramaturgo, contador de histórias e pesquisador da história e da cultura afro-brasileiras. Seus interlocutores serão os jornalistas Abílio Ferreira e Cristina Nunes, além da âncora Leda Beck.

Faustino coordena o Instituto Tebas de Educação e Cultura, bem como o Movimento pela Preservação e Valorização do Sítio Arqueológico Cemitério dos Aflitos, no bairro paulistano da Liberdade. É docente da Universidade Livre de Sociologia e Comunicação Afro-Brasileira (UnAfro).

No programa, ele vai contar sua trajetória de 26 anos na Folha e no Estadão, como repórter e como editor, e vai conversar conosco sobre a história e a literatura afro-brasileiras.

A transmissão é ao vivo, pelos canais da APJor:

No Facebook: https://www.facebook.com/apjor/videos/158007423047698
No YouTube: https://youtu.be/WmXF9sCrjkM

Os internautas participam com comentários e perguntas.

Sobre o BOTECO APJOR

Criado como um botequim virtual para conversar informalmente sobre jornalismo, o BOTECO APJor recebe, quinta sim, quinta não, profissionais de diferentes gerações, que revelam as aventuras e desventuras que todo jornalista vive na carreira para entregar notícias confiáveis ao leitor. Lígia Ferreira, Leonardo Sakamoto, Paulo Talarico, Luiz Fernando Emediato, Tereza Cruvinel e Patrícia Campos Mello já passaram pelo programa (veja a playlist https://www.youtube.com/playlist?list=PLTz_fROnks8tSNTm96AqozzOtGe2z2MK0). A direção técnica é de Fabio Soares e a direção geral é de Cecília Queiroz. Mara Ribeiro e Marlene Silva colaboram na divulgação do programa.

Sobre a APJor

A Associação Profissão Jornalista é uma organização de inteligência e de articulação entre jornalistas, pesquisadores de Jornalismo e a sociedade civil brasileira. Foi fundada em 2016 pelos integrantes do Movimento Jornalistas Pró-Conselho e sua missão é promover o debate público sobre um futuro conselho de jornalistas (ou de jornalismo).  A APJor entende que o jornalismo ético e plural é elemento essencial para a garantia da democracia, do direito à informação e das liberdades de expressão e de imprensa.

APJor

APJor

A Associação Profissão Jornalista – APJor é uma organização nascida do Movimento Jornalistas Pró-Conselho, criada na assembleia de 22 de outubro de 2016, na Câmara Municipal de São Paulo, com a presença de 40 jornalistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *